Portagens circular

Inhambane aplaude instalação de portagens na N1

O Governador de Inhambane, Daniel Chapo, considera que a instalação de praças de portagem na N1, ao longo desta província do sul do país, vai contribuir para a arrecadação de receitas e permitir o desenvolvimento sustentável.

Falando há dias à órgãos de comunicação social, o governante explicou que com a portagem sobre o rio Inharrime, a de Malova, em Massinga, e a de Mapinhane, no distrito de Vilankulo, será possível colectar receitas que serão usadas na melhoria da N1 e até de outras estradas da província facilitando o escoamento de produtos agrícolas e a viabilização do turismo, que é o motor da economia deste ponto do país.       

Daniel Chapo encorajou o avanço da instalação de portagens em Inhambane e no país no geral, explicando que é a prática adoptada em todo o mundo para colectar contribuições dos utilizadores das estradas para trabalhos de manutenção das rodovias pelas quais transitam. Chapo.jpg

 

Congratulou-se pelo facto de o sector de estradas estar a realizar obras de manutenção periódica entre as localidades de Chissibuca e Lindela, e ter conseguido avançar, em 2021, com a melhoria do troço Mangungumete-Save, mais à norte, apesar de não se ter ainda colectado receitas nas portagens por estarem a fase de construção.

As obras entre Chissibuca e Lindela estão avaliadas em pouco mais de 300 milhões de meticais desembolsados pelo Fundo de Estradas, FP (FE, FP).

O Governador falou também da expectativa existente em torno do projecto de reabilitação da estrada que liga a N1 e a cidade de Inhambane, estendendo-se para as praias de Tofo e Barra, deixando claro que vai impulsionar a economia local.          

Fundo de Estradas

Av. Mártires de Inhaminga, no 170
Maputo - Moçambique

  • Telefone: (+258) 21 30 55 89
  • Fax: (+258) 21305069
  • Email: info@fe.gov.mz
  • Endereço: Av.Mártires de Inhaminga, no 170, Maput o- Moçambique