Assegurada a reabilitação e manutenção de 759 km de estradas rurais

O Governo Moçambicano já tem assegurado a reabilitação e manutenção de 759 quilómetros de estradas na província da Zambézia, enquadrados no Projecto Integrado de Desenvolvimento de Estradas Rurais, segundo Ângelo Macuácua, Presidente do Conselho de Administração (PCA) do Fundo de Estradas (FE), falando na Primeira Conferência Internacional de Investimento na Província da Zambézia, realizado recentemente naquela província.


Para o PCA do FE, Ângelo Macuácua, que apresentou o tema “Investimentos em Estradas e Pontes” o Projecto Integrado de Desenvolvimento de Estradas Rurais compreende duas componentes, sendo a primeira, a de reabilitação e manutenção de estradas rurais, abrange os distritos de Pebane, Maganja da Costa, Chinde, Morrumbala, Lugela, Mocubela e Luabo cujas obras já consignadas, marcando o início de reabilitação e manutenção de 759 km de Estradas, num montante total de 63 Milhões de USD, com a previsão de término para Junho de 2025.
A segunda componente é a reabilitação da estrada N1/N10: Quelimane- Nicoadala – Namacurra, numa extensão: 70 km, num financiamento de 50 milhões USD, cuja duração do contrato é de 10 anos, sendo 2 anos de reabilitação e 8 anos de manutenção.
Outro dado avançado pelo PCA do FE, que visa garantir a transitabilidade das estradas rurais, assegurar acessos aos mercados agrícolas, pesqueiros turísticos, reduzir o custo de transporte e estimular o crescimento económico da província da Zambézia, é o projecto Promove Transporte, que beneficia os distritos de Milange, Molumbo, Gurué, Ile, Alto Molócue e Mocuba
Num outro desenvolvimento, Macuácua defendeu que o sector privado é chamado a participar no financiamento dos projectos de estradas e pontes podendo ser por via “Parcerias Público-Privadas para estradas e pontes específicas, constituição de sociedades comerciais para investimento e gestão de estradas e pontes específicas, bem como comparticipação dos agentes económicos no financiamento dos projectos de asfaltagem, reabilitação e manutenção de infraestruturas rodoviárias específicas”.
Para Ângelo Macuácua, o país em geral, e a província da Zambézia em particular, enfrentam enormes desafios para implementação de projectos de estradas e pontes devido ao “baixo volume de tráfego para atrair investidores privados para grandes projectos na área de Estradas e Pontes, limitados recursos internos para o financiamento dos projectos de construção e manutenção de estradas classificadas e não classificadas, acesso limitado do país aos mercados financeiros internacionais, efeito das mudanças climáticas sobre a sustentabilidade da rede de Estradas e longo ciclo de preparação e implementação de projectos de Estradas e Pontes.”

Fundo de Estradas

Av. Mártires de Inhaminga, no 170
Maputo - Moçambique

  • Telefone: (+258) 21 30 55 89
  • Fax: (+258) 21305069
  • Email: info@fe.gov.mz